15/05/09

Maus-tratos

A minha colega descobriu que numa vivenda ao pé do nosso trabalho há um gato que vive no quintal preso com uma corda. É de pêlo comprido (ou talvez o próprio pêlo tenha crescido para fazer face ao frio, isso acontece) e parece ser velhote, ou então é mesmo por estar sujo e maltratado.
Quando ela mo mostrou deu-me uma reviravolta no estômago que não consigo descrever-vos. A minha alma ficou pasma. Não dá para compreender.
Por isso, agora ando a topar os horários de quem lá vive, para entrar no quintal e roubar-lhes o gato, sem ser apanhada, de preferência.
Não sei onde vou pôr o gato, mas aposto que será sempre melhor do que estar ali a definhar...

Aceito sugestões!

10 comentários:

Anita disse...

Até me dá a volta ao estômago só de ler! O melhor a fazer, se calhar, é chamar ou a polícia ou alguma associação da sua zona (pelo menos é assim que fazemos por aqui). Espero mesmo que acabe tudo bem. Ficamos à espera de novidades. Boa sorte!

Alice disse...

eh pa! eu n acredito! Gato e corda n liga! mesmo!!! Acho que sim! Vai lá e tira-o de lá! Não tens lá na SOS Animal uma FAT que o acolha?
Há gente estupida mesmo!

Marradinhas e se for necessário alguma coisa apita! Deixa-me o teu mail numa mensagem qq de março q tem a moderação activada e depois eu não publico. Havemos de conseguir alguma coisa!!

Sacha disse...

infelizmente esse tipo de gente nao é punida. boa sorte no roubo... nao será crime mt pelo contrário.

Van Dog disse...

Que horror!...
Boa sorte!

AP disse...

É incrivel como situações como esta ainda continuam acontecer!
Se tiver o contacto de uma associação será mais fácil para tentar ajudar o gatinho!
Se não, a ideia de rouba-lo é uma alternativa. Se esse animal está há muito tempo nessas condições, deverá estar bastante traumatizado.
Desejo muita sorte para o resgate!

Claudia Estanislau disse...

desaconselho que o "roube", tire fotos, fale com os donos para tentar perceber os porquês (se puder grave a conversa e leve uma testemunha) não seja conflituosa, vá numa de ajudar e querer saber mais sobre o gatinho (pode dizer que é duma associação e que gostava de poder ajudar). Pode ter que criar alguma afinidade falsa com os donos e tentar que eles lhe deêm o gato com o tempo isso pode mesmo acontecer.

Se nada disso resultar, com as provas que tem dirija-se ao SEPNA e faça queixa oficial na PSP e junto da DGV. Faça um relatório escrito e mande ao veterinário municipal e peça que ele o vá buscar. Se ele fôr para o canil, só terá que o ir lá buscar depois.

Se o "roubar" corre o risco de ser acusada de tal se fôr descoberta ou algo correr mal. Para além de que não trata do mais importante que é evitar que os donos a seguir vão buscar outro e façam-lhe o mesmo. Outra coisa que falha redondamente é não existirem denúncias. As pessoas devem começar a denunciar estes casos juntos das entidades comeptentes se queremos ver uma mudança na forma como se penalizam estes casos.

Como no debate de ontem na SIC, estas pessoas regem-se por números, e os números que eles têm dizem-lhes que não existem assim tantos casos de maus tratos e abandonos (não existem queixas formalizadas...).

Just my two cents...

aninhas disse...

Se sempre queres ficar com o gatinho sugiro q leves uma manta p o trazeres. Ele pode ficar assustado e tentar arranhar-te, como n tem p onde fugir :(
Boa Sorte na tua aventura!!!
Eu e Kiko apoiamos-te!

hugs and kisses from kikos world

Sónia disse...

SEPNA, se te ligarem alguma, significa canil! Se é onde pendo (+ou-) sabes melhor que ninguém onde ele vai parar!!
Com pessoas que atam gatos e os deixam a definhar na rua, não sei se consegues ter grande conversa!!
No entanto se te apanham tás metida num sarilho! Mas, olha eu acho que fazia o mesmo que tu!!
Vou pensar se há alguma solução! Francamente nem sei bem qual!

Pinta disse...

Olá! Um dia não sei bem como descobri este blogue, e não descansei enquanto não o li de fio a pavio! Descobri que temos vários aspectos em comum:
1- ADORAMOSSSS os 4 patas!
2- Somos carangueijas!
3- Somos ex-escsianas!(eu de RP)
Desde então tenho acompanhado todos os posts e hoje não consegui me conter... Nunca pensei que existisse uma mente "brilhante" k se lembrasse de amarrar 1 gato... Ainda tive a pensar porque é que alguém amarraria 1 gato, discuti esse assunto aqui c a famelga e chegamos tds a msm conclusão, GENTE PARVA!
Entretanto também tivemos aki a discutir e achamos k n devias roubar o gato. Achamos que deverias seguir o conselho da Claudia Estanislau, é que se o roubares, esses "excelentes" e "dedicados" donos ainda te processam por teres roubado o bichaninho deles que tanto estimavam.

Bjinhos e lambidelas

P.S. aki em casa temos dois 4 patas super mal comportados, 1 Timtim (caniche de 13 anos) com alzheimer, incontinência e tdas as doenças dos velhotes, e um Lucky (dog street, +/- 3anos, mas só a 2 cnsc) apanhado da rua c 1 dedo partido, pulgas, feridas e traumas (incuráveis) a paus e vassouras, doido por roer sofás, almofadas e tapetes. Apesar d não serem os cães ideais, de termos smp td a casa c marcas de dentes de sr.lucky e d xixis de sr. timtim, a máxima "Good Friend, Bad Dog!" aplica-se perfeitamente, e tds os 4 patas nesta casa são tratados cm reis!

Carracinha Linda! disse...

Um gato preso por umqa corda??? Realmente...

Espero que tenhas sorte... Depois conta como correu!

bjs!