06/05/09

Estágio

Ontem fomos conhecer o bebé de um casal nosso amigo. Enquanto observava a minha velha amiga com o seu filhote lindo nos braços e o Dono partilhava com o pai babado o bolo de iogurte bimbólico que lhes levámos, a conversa começou a descer, a descer... e desceu, mais concretamente, até às fraldas do Duarte.


Pois é, parece que afinal apanhar os presentes dos cães na rua (ou, no nosso caso, e infelizmente com bastante frequência, os que a menina Emma Maria ainda faz questão de nos deixar no chão da cozinha) sempre tem uma vantagem: serve de estágio para mais tarde levarmos com esguichos inconvenientes e cheiros desagradáveis.



Viva a ordem natural da vida! Viva os bebés! Viva os animais! Viva! Viva! Hip-Hip-Hurray!