29/03/09

Mais um aniversário

Hoje é a vez do "avô" fazer anos.

O meu pai, ao contrário da minha mãe, gosta imenso de animais. Cresceu numa quinta, rodeado de cães, coelhos, vacas... eu sei lá! E sempre disse que quando se reformasse queria ter um cão. Quem me dera hoje poder oferecer-lhe um cãopanheiro, pois seria uma dupla prenda - o meu pai teria companhia durante o dia enquanto a minha mãe trabalha e o sortudo que lá fosse parar a casa teria uma nova oportunidade de ter uma família e ser feliz.

Mas estas coisas não funcionam assim. Não se pode ceder a caprichos nem fazer as coisas por impulso nem impor aos restantes moradores da casa um novo membro que eles não desejam. É preciso haver unanimidade. Por isso, hoje não há nenhuma prenda-surpresa. A minha mãe leva a melhor. O meu pai continua a ver navios... e eu vou perdendo a esperança de um dia mostrar à minha mãe o quanto os animais mudam as nossas vidas para melhor.

3 comentários:

Van Dog disse...

Parabéns!! Com uma patada especial por ser um dog lover! Uauff!

Voluntários disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sónia disse...

Lá por casa dos meus Pais o cenário é igual|