11/06/09

É feriado mas só para alguns

A esta altura o Joy deve estar a pensar que é Domingo e que amanhã vai ter outra vez paparoca e mimos. Mal ele sabe que a empresa decretou ponte. Mal ele sabe que só daqui a mais 4 dias é que voltamos.

Será que a comida que lhe deixei vai chegar?
Será que precisa de mais água? Será que vai pensar que o "abandonámos"? Ele vive na rua, mas já teve uma casa de certeza, e de certa forma saiu-lhe a sorte grande em ter ido parar ao estacionamento do meu local de trabalho, onde entra e sai a seu bel-prazer e onde há um patrão que gosta muito dele (até tem ciúmes por ele agora estar sempre comigo) e lhe paga comida e pipetas e o gaba às visitas e o deixa dormir no sofá.
Será que ele vai compreender a nossa ausência e vai esperar por nós?

Tenho vontade de ir trabalhar amanhã só para me certificar de que ele está bem.

E como ele deve haver outros. Animais que são "adoptados" por empresas mas depois ficam sozinhos aos fins-de-semana, nos feriados, nas férias... Coitados!

3 comentários:

Polli Peste disse...

Por empregos assim vale a pena ser se workaholic =)

Chat Gris disse...

:)

Van Dog disse...

Belo emprego!

(tenho um amigo que trazia o "gato do trabalho" para casa aos fins-de-semana. E depois lá ía à vida dele durante a semana, na zona do emprego...)