03/02/09

Aventuras de uma Dona distraída

Hoje de manhã saí de casa para passear a Emma e deixei o Sushi para trás, porque estava a chover e só dá para levar um de cada vez. (Ele estava tão histérico para também ir à rua que ainda se escapou para o hall do prédio e foi uma canseira para o convencer a entrar em casa novamente e a esperar pelo segundo turno).


A Emma decidiu não fazer nada, apesar da minha insistência, e eu acabei por desistir porque já estava a ficar atrasada para ir trabalhar. Quando quis voltar a entrar em casa, é o entras! Tinha deixado as chaves em casa! O dlim-dlim que eu ouvia no bolso do casaco não eram as chaves, mas sim umas moedas - e eu NUNCA tenho moedas nos bolsos!!!

Pronto, lá vou eu apanhar mais um bocado de chuva para ir a pé até casa dos meus sogros, que, para o bem e para o mal, é perto, pois eles têm as nossas chaves suplentes.

O que eu não sabia era que ontem à noite, depois de eu me ter ido deitar, o Dono tinha levado os meninos à rua, tinha-se esquecido das chaves, tinha tocado à campainha e eu não tinha ouvido, e por isso tinha ido buscar as chaves suplentes a casa dos pais. Ou seja... hoje de manhã não havia chaves para mim!!!

Então, tivemos de ligar ao Dono, para ele voltar para trás (coitado, já estava há montes de tempo na bicha da marginal) para me abrir a porta. E depois disto tudo e de limpar a Emma, que entretanto já estava um sapo, ainda fui passear o Sushi. E, claro, depois ainda tive de limpar o Sushi.

Apanhei uma molha, atrasei-me imenso, e foi com esse belo estado de espírito que vim trabalhar. Mas há mais: quando estava no trânsito e quis ligar para avisar que ia chegar atrasada, não encontrei o meu telemóvel. Eu tenho a certeza que o pus na mala (pensei inclusivamente que depois de tudo o que tinha acontecido com as chaves era o cúmulo se também me esquecesse do telemóvel), só que a mala caiu no hall e o telemóvel deve ter caído sem eu me aperceber. Se calhar os cães já o encontraram no chão do hall e a esta altura já o roeram todo...

Isto é daquelas coisas que contadas ninguém acredita, mas aqui no escritório até acreditaram. A minha fama já me precede... Ora digam lá se conhecem alguém mais distraíd@ do que eu???

4 comentários:

cg disse...

A culpa disso tudo é da chuva!!! (Pelo menos deve ser essa a defesa dos teus cães..lol)

Van Dog disse...

:)
Não consegui deixar de sorrir - que par de donos tão despistados! :)

Inca disse...

xiiiiiiiiii que manhã!agora tens que contar o que aconteceu ao telemovel

Uma dona babada disse...

ahhh! quando cheguei a casa fui à procura do telemóvel. confirmou-se a teoria de que tinha caído da minha mala e estava debaixo de um móvel no hall, felizmente os cães só gostam de roer o móvel e não ligaram nenhuma ao meu querido telelé.
mas bastou passar um dia sem o telemóvel para ter montes de chamadas e de mensagens. o que era de nós antes de termos telemóveis hein???