16/07/12

Mais lenha para me queimar...

Como o estado de abandono deste blog bem demonstra, não tenho propriamente muito tempo livre e todo o que tenho é basicamente para... dormir. Não me tenho dedicado a nenhum dos meus antigos hobbies (por "antigos" leia-se pré-Danoninha) e há mesmo muitas coisas - e algumas mais importantes que outras - que ficam por fazer. Lá porque digo que ando cansada e não tenho "me time", não é realmente uma queixa, porque é por uma boa causa e claro que, entre o trabalho, a lida da casa e os mimos à Danoninha (e aos cães, claro), não é muito difícil de adivinhar qual é a minha parte preferida. Mas, não satisfeita com a trabalheira que já dá ter 3 filhos... LOL ainda fui arranjar mais dois. Pois eis que hoje vimos da janela três gatinhos bebés lindos lindos e claro que fomos lá buscá-los. Só conseguimos resgatar dois, infelizmente o outro já era mais arisco (e as mãos do Dono que o digam). Os dois maninhos ou maninhas - sim, porque eu percebo taaaaanto de gatos que nem sei bem - deixaram-se logo apanhar, adoram festinhas, só ronronam, aquela coisa boa que já se sabe. E como infelizmente numa de "been there, done that", já sabemos que os monstrengos não aceitam felinos cá em casa, por mais adoráveis que sejam, é óbvio que eles só cá estão temporariamente e só mesmo porque a minha casa de banho consegue ser melhor do que a rua. E a casa de banho porquê? Porque se eles ficarem na casa de banho do meu quarto, com a porta fechada e o quarto por sua vez também com porta fechada é o sítio mais seguro para não virarem hamburgueres. Já lhes fiz uma caminha, fui logo ao supermercado comprar areia e comida (e leite porque eles realmente são muito bebés) e já tirei fotos para começar a espalhar aos sete ventos. É uma altura tramada, não me devia ter metido nisto, mas não conseguiria dormir hoje à noite sabendo que eles iam passar a vaga de calor dos próximos dias na rua, correndo o risco de desidratarem. E mesmo que sobrevivessem acabariam como o mano deles e nunca mais seria possível serem "domesticados" (uso o termo só para distinguir dos gatos de rua em estado mais selvagem, porque enfim, não percebo muito de gatos mas percebo o suficiente para saber que eles apenas nos deixam pensar que os domesticámos). Agradeço então a ajuda dos leitores deste blog - se ainda houver por aí alguém, que eu sou uma desnaturada e não atualizo isto e agora tenho a lata de vir para aqui tentar dar gatinhos. Dão-se duas gatinhas (vou arriscar dizer que são fêmeas porque ainda não vi tintins) com no máximo 2 meses, muito lindas e meigas, uma mais tímida do que a outra e teria preferência que fossem para a mesma casa mas se tiverem de ser separadas so be it. O meu contacto é bydaisy560@gmail.com.

3 comentários:

Lígia disse...

Oh...este ano ainda não me aconteceu nada do género mas o ano passado por esta altura andava por cá a Magali, apanhada em Benfica, com os olhos coladinhos cheios de porcaria e magra que só visto (700g com aproximadamente e meses:S). Hoje é uma gata linda de morrer com uma família 5 estrelas! Vais ter sorte, vais ver! :) Olha, partilhaste nalguma página do FB? Dado que o meu blog tem poucos leitores, se partilhaste manda-me o link por mail, se quiseres, que eu meto a circular;)

ligia_bento@hotmail.com

Gostei de ter notícias vossas, ainda assim,pah! ;)

Davis, o nosso shar pei disse...

Olá! Ajude-nos a divulgar a venda destas rifas. São para ajudar na operação do Davis, o nosso shar pei.Faça uma pequena postagem no seu blogue!Agradecemos muito!

Victória disse...

gente, quem gosta de justin bieber entra aí: blog1justinbieber.blogspot.com.br amo animais abandono ñ é bem vindo, tenho 3 gatos q peguei na rua, o Chinho, a Marie e a Meg são a coisa mais linda do mundo